quinta-feira, 14 de maio de 2015

CHANTAGEADOS PELA GLOBO, ESTADÃO, FOLHA E VEJA DENTRE OUTROS, RENAN CALHEIROS E JOAQUIM BARBOSA SÃO OBRIGADOS A SOBREVIVEREM SOB O RISCO CONSTANTE DE TEREM SEUS NOMES ENVOLVIDOS EM ESCÂNDALOS A QUALQUER MOMENTO.



Renan Calheiros e Joaquim Barbosa: condenados a viverem
eternamente sob as ordens do Partido da Imprensa 
Golpista comandado pelos irmãos Marinho da Globo.


Vocês acreditam mesmo que Renan Calheiros esta conspirando abertamente contra a indicação de Luiz Fachin para o Supremo apenas para mostrar poder contra o Governo Dilma?

Renan Calheiros e Joaquim Barbosa se transformaram em farinha do mesmo saco, são pessoas públicas que tem ou tiveram poder e hoje estão permanentemente subjugados ao poder do Partido da Imprensa Golpista, o PIG, principalmente a Rede Globo dos irmãos Marinho.

Em relação a Renan basta lembrar o caso da jornalista Mônica Veloso, sua ex amante, que por sua influencia recebeu durante 21 meses uma pensão de quatrocentos mil reais através de lobistas de uma empreiteira, o que deu origem a um processo que o levou a se afastar da presidência do Senado em 2007, um fato que teve grande repercussão na mídia. Renan também esteve envolvido nos denominados “renangates” dentre os quais podemos citar, o caso do laranjal alagoano, o caso Schincariol e o caso do golpe no INSS.

Joaquim Barbosa tem sobre si as acusação de ter aberto uma empresa nos EUA para comprar uma casa em Miami, com o objetivo de evitar pagamento de impostos, o que na realidade é sonegação e, o caso mais grave, a acusação de ter agredido sua ex-esposa, Marileuza, o que na época de sua indicação gerou o comentário da Ministra do Supremo, Ellen Gracie, então a única mulher da corte, que no intervalo entre uma sessão e outra, mostrou-se preocupada. “Vai vir para cá um espancador de mulher?”

As denuncias que envolvem os dois, figuras públicas de importância na Republica nos poderes legislativo e judiciário, se apresentadas em revistas e jornais e principalmente em telejornais, mesmo que estes veículos de comunicação estejam cada vez menos influentes, ainda podem causar muitos transtornos para eles.

Isso faz com que estejam permanentemente em situação de fragilidade, em um verdadeiro processo de chantagem, ou seja, basta uma reportagem ordenada pelos irmãos Marinho em um Fantástico ou Jornal Nacional para que eles fiquem em uma situação delicadíssima, com suas imagens públicas ainda mais arranhadas de forma definitiva.

Se observados com atenção, tanto Renan quanto Barbosa são pessoas que vivem em eterna tensão, Renan dissimula mais porque é mais experiente, Joaquim Barbosa, não, em todos momentos demonstra estar acuado, nervoso, tenso e descontrolado.

Por isso tanto Renan quanto Barbosa vivem emitindo sinais contrários ao Governo Dilma quando podem para literalmente “amansarem” o PIG e não correrem o risco de serem atacados.

Renan Calheiros nunca perde a oportunidade praticar algum tipo de sabotagem contra o Governo, sua conduta nesse momento em que o Senado decide pela aprovação ou não da indicação pelo Governo Dilma do jurista Luiz Fachin para o Supremo é toda no sentido de sabotar até o fim.

O poder da elite que ainda controla significativa parte da mídia no Brasil se baseia em chantagens permanentes e isso é facilitado por condutas como as de Renan Calheiros e Joaquim Barbosa, homens públicos que tem “o rabo preso” e são obrigados a ficarem se humilhando o tempo todo para não terem suas imagens destruídas em questão de horas e ou dias.


Nenhum comentário:

Postar um comentário