sábado, 20 de novembro de 2010

HOMENAGEM AO "DIA DA CONSCIÊNCIA NEGRA": EXPOSIÇÃO MOSTRA A INFLUÊNCIA DE ZUMBI NA CONSCIENTIZAÇÃO CONTRA O PRECONCEITO RACIAL EM CAMPINAS E NO BRASIL E NA CRÔNICA DE GERALDO SESSO JR A SAGA DE "ZÉ MUNDÃO" HERÓI BANDIDO DO INÍCIO DO SÉCULO XX.



GERALDO SESSO JUNIOR CONTA A SAGA DE "ZÉ MUNDÃO", HERÓI BANDIDO ESQUECIDO.

Geraldo Sesso Jr. nasceu em 1910 na cidade de Campinas, mas passou a maior parte de sua vida em São Paulo.

Aos 19 anos iniciou sua carreira de jornalista no antigo "Correio Paulistano", tendo também trabalhado nos jornais "A Gazeta", "O Dia", "Correio de São Paulo" e "Gazeta de Tatuapé".
Em Campinas, colaborou no "Correio Popular" e " Diário do Povo".
Além do jornalismo, dedicou-se à pesquisa histórica.
Publicou os livros "Retalhos da Velha Campinas", em 1970 e "Retalhos da Velha São Paulo", em 1983, tendo deixado no prelo o livro "Astros de Outrora", sobre os artistas do cinema mudo.
Em sua obra "Retalhos da Velha Campinas", Geraldo Sesso Jr relatou a saga de Zé Mundão, acessem ao texto em PDF no
http://www.4shared.com/document/mZn6c9sk/ZeMundao.html  e conheçam uma das figuras mais populares que viveram em Campinas no início do final do século XIX para o início do século XX, vale a pena, a vida de Zé Mundão valeria um filme, confiram.

Bom fim de semana.

Flávio