quarta-feira, 19 de maio de 2010

JORNAL DA GLOBO E JABOR ONTEM A NOITE: UM SHOW DE INVEJA SEM LIMITES

A Globo dos filhos do Roberto Marinho, aqueles que segundo o Paulo Henrique Amorim não tem e nunca tiveram nome, e também o Arnaldo Jabor, aquele que ja perdeu o nome porque hoje não passa do alterego do FHC, em todos os momentos que é preciso sempre se prestam ao papel de de literamene vomitar na tela tudo aquilo que o FHC queria dizer sobre Lula e seu Governo mas não pode porque ficaria mal para um ex presidente dizer certas coisas do atual presidente, no auge da popularidade, como é o caso do Lula.

Ontem à noite não foi diferente, para o Jornal da Globo nas palavras de um exultante Willian Waak, o acordo fracassou porque as "grandes potencias, prestem atenção as graandes poteeeencias comandadas por Hilary Clinton cujo marido, o ex presidente Bill Clinton sempre foi aliado e até parceiro do FHC resolveram não aceitar o acordo e partir para sanções contra o Irã. Não consegui acreditar quando ouvi aquilo, pulei para a Band e pelo menos lá vi um mínimo de compromisso com a verdade, quer dizer nem o Boris Casoy, estou falando do Boris Casoy, teve coragem de ter a cara de pau da Globo, digo do FHC, ja que eles são o alterego dele, para defender o teatro de Hilary Clinton, o Boris foi até mais longe e até criticou a cena de Hillary ao dizer que era os EUA contra o mundo.

E o pior mesmo é o Jabor criando uma estórinha como que se Lula estivesse caido em um conto do vigário do Marco Aurélio Garcia e servido ao propósito dos aiatolas para o Irã ganhar tempo e não sofrer sanções, ali não era Jabor, o ódio, a ironia, tudo, era FHC o tempo todo.

É incrível a cara de pau da Globo e seus verdugos de plantão, um ser humano precisa ter um mínimo de vergonha na cara, precisa tomar um semancol e não aceitar certas coisas, quando começa a exagerar "da na cara", aliás, como diz o povão. Jabor e Waak precisam tomar vergonha na cara.
Os filhor do Roberto Marinho, não tem jeito, eles nasceram neste ambiente.


Flávio Luiz Sartori - flavioluiz.sartori@gmail.com

segunda-feira, 17 de maio de 2010

PARA QUEM NÃO É DO MEIO PROFISSIONAL DAS PESQUISAS: LEIAM RELATÓRIOS COMPLETOS DO VOXPOPULI E DO CNT SENSUS

Não se deixem enganar mais pelas manchetes mentirosas do Partido da Imprensa Golpísta, o PIG com as pesquisas fajutas (adj., Brasil, gír., de má qualidade; que não é autêntico; falso; cafona; brega) do IBOPE e do Datafolha.

Leiam os relatórios do Voxpopuli e do Sensus na integra:

http://www.voxpopuli.com.br/eleicao2010nac.html

http://www.sistemacnt.org.br/portal/webCanalNoticiasCNT/noticia.aspx?id=d5f85e62-f5e7-40af-9bc7-f49ba72ba1ed

Não se deixema mais enganar. Principalmente vocês empresários que investem em pesquisas de opinião e mercado, o Brasil tem muita gente boa por ai esperando uma oportunidade, precisamos de mais Marcos Coimbras no Brasil.

Flávio Luiz Sartori

VOX POPULI NA BAND SÁBADO: DILMA (38%) NA FRENTE DE SERRA (34%). ISSO NÃO É NOVIDADE É CONFIANÇA DO POVO BRASILEIRO NO GOVERNO LULA.

E A GLOBO VAI AO DESESPERO NO FANTÁSTICO

Se esta eleição estivesse acontecendo em 1998, dificilmente o opinião pública do eleitorado brasileira saberia da verdade. Certamente prevaleceria a versão do IBOPE e do Datafolha com Serra pretensamente na frente com prováveis dez pontos.
Felizmente hoje os tempos são outros e já vai longe o tempo em que o eleitorado era enganado, aliás, como foi em 1998 quando o IBOPE e o Datafolha certamente ajudaram a tirar a Marta Suplicy do segundo turno da eleição para o Governo de São Paulo.

Porém, deplorável mesmo foi ver a Globo passando recibo de que acusou o golpe de Dilma na frente e a evidente atitude de desespero; primeiro o destaque da Globo no Fantástico para o lançamento da candidatura de Marina Silva, inclusive com direito a detalhamento de plano de governo como que se a reportagem fosse na realidade a propaganda eleitoral política gratuita do Partido Verde. Depois, no mesmo Fantástico, o plantão direto do Irã e a torcida descarada para que a negociação sobre o programa nuclear daquele pais conduzida pelo Presidente Lula fosse um fracasso.
Mas, absurdo mesmo foi a tentativa de associar, no mesmo Fantástico, a figura do Presidente Lula a do Presidente do Irã, pelo fato do mesmo dar declarações negando a existência do Holocausto, depois de uma reportagem sobre um protesto contra a posição do Presidente do Irã no Rio de Janeiro.
O Presidente Lula já deixou bem claro de em relação ao Holocausto discorda totalmente do Presidente do Irã, mas para Globo isso não importa.

Felizmente no Brasil de hoje a manipulação da Globo e as pesquisas fajutas do IBOPE e do Datafolha não são mais levadas a sério pela grande maioria da população.

População que conhece bem de onde vem Serra e isso pude constatar ao conhecer o Zé Carlos em uma festa de aniversário aqui em Campinas.
Zé Carlos era funcionário da antiga da antiga TELESP, Zé Carlos viu bem de perto a empresa ser vendida para Telefônica e o dinheiro não servir para nada de positivo para o povo brasileiro. Zé Carlos se lembra sim que ele e outros milhares de trabalhadores da Telefônica foram demitidos e muitos como ele não receberam nenhum tostão até de seus direitos, pois, brigam na justiça desde a demissão.

Vocês acham que o José Carlos não esta comparando o Governo Lula com o Governo FHC?
Claro que sim e é evidente que a decisão dele já esta tomada, para José Carlos é Dilma e para o povo brasileiro também.
Logo, logo para Serra só vai restar a Globo, o Estadão, os Frias da Folha e o Jabor. No Brasil de hoje isso é muito pouco e não da nem para saída para eleger um Presidente da República.

Flávio Luiz Sartori – flavioluiz.sartori@gmail.com