sábado, 8 de maio de 2010

TENHO TRABALHADO MUITO E FALTA TEMPO PARA ESCREVER, MAS LOGO ESTAREI FIRME NA BATALHA NOVAMENTE

Estou envolvido em dois projetos desafiadores:

1 - Coordenando uma pesquisa para a empresa Meta Instituto de Pesquisas contratada pela Secretária de Direitos Humanos do Governo Federal através de um acordo com o IDEST, sendo que os resultados desta pesquisa serão utilizados para a formulação de políticas públicas dirigidas especificamente para crianças e adolescentes que trabalham ou morem na rua.

O levantamento da população em situação de rua será realizado em um universo de 75 cidades de todo país, abrangendo todas as capitais e as cidades com população superior a 300 mil habitantes.

Estou trabalhando na coordenação dos trabalhos em duas cidades: Campinas e Piracicaba.


2 - Também estou trabalhando na elaboração de um projeto com o objetivo e buscar recursos financeiros para melhorar as condições dos catadores de materiais recicláveis aqui em Campinas.


Na medida do possível vou escrever e colocar meus textos críticos aqui, me aguardem.

Obrigado.

Flávio Luiz Sartori - flavioluiz.sartori@gmail.com

quarta-feira, 5 de maio de 2010

A TIM PRECISA SE EXPLICAR: A EMPRESA ESTA TRATANDO UM USUÁRIO COM DESRESPEITO.

TIM NÃO PERMITE QUE PROMOÇÃO QUE USUÁRIO TERIA DIREITO DE RENOVAR SEJA RENOVADA.

A TIM é um a empresa poderosa, não precisa bloquear Promoções para ter lucros.

Em Outubro de 2009 aderi a promoção 7 Centavos da Tim, que depois passou a se chamar Nova 7 Centavos, a cada três meses até 29 de Janeiro de 2009 eu consegui renovar a promoção, que para ser validada o proprietário de um Chip Tim tem que estar acessado a um plano Tim, no caso estou no Plano com números prediletos Tim, no chamado Plano Meu jeito Sempre que dá direito à participação na Promoção Nova Sete Centavos.

No ultimo dia 29 de abril terminaram os três meses a que eu tinha direito na promoção Nova Sete Centavos, verifiquei na Internet pelo site da Tim que a promoção pode ser renovada até 31 de maio de 2010.
Coloquei créditos na minha conta Tim e desde então estou tentando me cadastrar em mais um período de três meses, quando digito no celular *222 e digito no item quatro que direciona para promoções sou informado que estou na promoção Nova Sete Centavos, mas não estou porque quando ligo para um dos números prediletos desde o dia 29 de abril de 2010 não é cobrada a tarifa de 7 centavos mas a tarifa normal. Então eu não estou na promoção, mas a Tim afirma que estou e me cobra como se não estivesse na promoção.

Desde que tentei renovar a promoção já fiz quatro reclamações com diálogos com atendentes, existiu uma quinta tentativa na madrugada de 1 de Maio para 2 de Maio de 2010 que eu fiquei esperando para ser atendido pela Tim ouvindo a música da Tim mais de uma hora e não fui atendido, tive que desligar o aparelho, vejam só mais de uma hora.

Das quatro reclamações recebi mensagem protocolo só de duas, nas outras duas apesar do atendente dizer que as mensagens seriam enviadas para o número do meu celular, elas não foram enviadas.
Os números dos protocolos que recebi pelos outros dois atendimentos são: Protocolo 2010061769656 referente a uma reclamação feita em 30/04/2010 às 15:10h e o outro Protocolo 2010062381950 referente a reclamação feita em 02/05/2010 às 13:17h.

Até hoje, dia 05 de Maio de 2010 estou tentando reativar a Promoção Nova Sete Centavos e não consigo, repito todos os procedimentos, inclusive tentei na Internet no site da Tim e não consegui.

Acabo de protocolar reclamação na ANATEL com o número 565177 - 2010, aguardo providências. Que situação, não dá para acreditar que uma empresa como a TIM esteja fazendo isto.

Isto sim, não as demagogias do Boris Casoy é que deveria ser: UMA VERGONHA.


Flávio Luiz Sartori



segunda-feira, 3 de maio de 2010

AUDIÊNCIA DO JORNAL NACIONAL NÃO PARA DE CAIR E "COLONISTA" DO PIG TENTA ENCOBRIR

Direto do UOL, que certamente teve que engolir seco...

"Jornal Nacional" perde mais ibope em 2010

Ricardo Feltrin - Colunista (mais conhecido como "colonista") do UOL

O ibope do "Jornal Nacional", um dos principais produtos da TV Globo, continua em queda no ibope em números da TV aberta. O telejornal, que começou a década com 38 pontos de média, termina abril em 29 pontos --uma queda de 24%. No ano passado a média foi de 31 pontos. O "JN" tem perdido audiência de forma consecutiva desde 2006, quando a média foi de 36,4 pontos. Cada ponto equivale por 55 mil domicílios sintonizados na Grande SP.

Se por um lado a queda é mensurada em pontos de audiência, por outro é preciso levar em conta que a própria metodologia da pesquisa do Ibope mudou expressivamente desde 2000. Em 2001, por exemplo, cada ponto de ibope equivalia a cerca de 40 mil domicílios sintonizados, enquanto hoje cada ponto vale por 55 mil.

Com essa perspetiva, os 39,2 pontos obtidos em 2000 (1,56 milhão de casas na Grande SP) não diferem muito dos 28,8 pontos de 2010 (1,58 milhão de casas sintonizadas). A população brasileira cresceu 8,4% entre 2000 e 2007, segundo dados recentes do IBGE. Depois, em 2005, o Ibope passou a incluir a utilização da TV também para uso de videogames, DVD e internet. Também deve-se lembrar que há um aumento sensível no número de pessoas que assistem ao "JN" (e à Globo) pela internet.

"Viver a Vida" tem o pior ibope entre novelas das 21h A continuar na mesma toada em suas últimas duas semanas, a novela "Viver a Vida", de Manoel Carlos, ficará com o título de pior ibope da história da Globo. A novela vem registrando 38 pontos de média, abaixo ainda de "A Favorita", que foi 39,6 pontos, informou ontem a coluna "Radar", de Lauro Jardim.

A emissora procura identificar causas para o insucesso da novela. Entre outras hipóteses está o desgosto do público com a personagem principal, Taís Araújo, que não convenceu como a Helena de Maneco, como é conhecido o novelista obcecado por helenas etc.


O PIG não se emenda mesmo, enquanto a audiência dos telejornais e novelas da Globo cai eles se descabelam....

Flávio Luiz Sartori